Simplesmente Déa
Falcão S.R


Para minha amiga querida
um singelo toque de carinho


No céu desponta a lua dos amantes
Que apaixonados repetem juras de amor
Seguindo o brilho das estrelas radiantes
Encontro a paz que minh'alma serenou.

Dispenso a taça que alguém me oferece
Pois no momento quero sóbrio desfrutar
Da magia que me envolve e enternece
Na voz suave que não canso de escutar.

De repente ela surge esplêndida e radiosa
Tal como rosa desabrochando num jardim
Com porte de quem sabe que é formosa
Abre o sorriso que lembram pérolas e marfim.

Sua luz mágica ofusca o cenário colorido
Acostumado em segundo plano ficar
Quando ela chega com seu jeito tão bonito
E o carisma que todos sonham em igualar.

Ela é a divina rainha da lira que fascina
Mulher menina que o boêmio sofredor
Esquece a dor da saudade que alucina
E em silêncio vai sonhando com seu amor.

Voz emoldurada por um toque de piano
Relembrando histórias de desejo e paixão
Nostalgia, ilusões, mágoas e desengano
Mensagens que marcam um sofrido coração.

A madrugada vai passando caprichosa
Ela sem tempo para as flores receber
Segue atendendo os pedidos generosa
Sendo adorada sem que possa perceber.

Escrevo então uma singela poesia
Na esperança que ela possa musicar
Perpetuando minha emoção e alegria
Em palavras que ela não pode escutar.

Bela missão tem essa alma venturosa
Maravilhosa como a mais bela jóia rara
Compensação da vida cruel e caprichosa
Meiga, talentosa e iluminada...Andréa Maia.

Rio de Janeiro, 22 de dezembro de 2007

 

Imagem jpg
Tube Perfume: Dragonblu
Wav: Richard Clayderman - Eu sei que vou te amar

 

 

Voltar